Conecte-se conosco

Notícias

Servidores denunciam falta de merenda escolar em Marabá 

Publicado

A alimentação escolar é um direito dos alunos da educação básica pública. Ela serve de incentivo para frequência nas aulas, além de apoiar as famílias que não têm condições de prover essa alimentação aos filhos. Uma denúncia chegou à Redação do Grupo RBA dando conta de que na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Francisco Coelho”, na Vila Matrinxã, zona rural, a 11 km de Morada Nova, está faltando itens da merenda escolar.  

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

 “Faz tempo que não vem carne moída, carne de pedaço, frango, margarina, macarrão”, afirma à servidora, que por medo de represália pediu para não ser identificada.Nossa equipe esteve na escola e ouviu outra servidora que afirmou que há muitos dias que a Secretaria Municipal de Educação de Marabá (Semed) não envia carne e nem frango para merenda escolar. “Não tem carne nenhuma para merendar, só sardinha e ovo. Dizem que estava em licitação com uma empresa. Todas as escolas já têm um bom tempo que não tem”, confirma a servidora. 

Advertisement
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  LEIA TAMBÉM:+ Marabá terá Núcleo de Atenção Especializado em Autismo + Aeroporto de Marabá é destaque em premiação nacional A funcionária explicou ainda que toda semana, geralmente as quartas-feiras, os itens são entregues na escola, mas que diminuíram a quantidade de merenda e que os estudantes reclamam. “As crianças reclamam, porque já não comem na casa deles e vem para o colégio, chega aqui e não têm quando vai merendar. Por isso, as meninas fazem mais açaí e leite com pão”, informou.  Ainda segundo a denúncia, muitos alunos moram em Projetos de Assentamentos distantes da escola. Muitos deles que saem 12h dependem do transporte escolar e só chegam em casa por volta de 14h. A instituição de ensino possui quatro salas, onde estão matriculados cerca de 80 alunos, do Jardim I (Educação Infantil) ao 9º ano do Ensino Fundamental, em dois turnos.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Advertisement
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
Deixe seu comentário

Facebook

Redes Socias

"

Últimas Notícias

Notícias1 semana ago

Dupla é Presa em Belém Após Roubo de Carro e Sequestro Relâmpago

Na noite da última terça-feira, 14, a polícia prendeu uma dupla de assaltantes no início da avenida Augusto Montenegro, próximo...

Cultura1 mês ago

Barcarena promove Escuta Cultural para implementação da Política Nacional Aldir Blanc

A Prefeitura de Barcarena, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, realizou na manhã desta quinta-feira (18) a...

Notícias1 mês ago

Confissão de Suspeito Impulsiona Investigação e Pode Desmantelar Grupo Criminoso em Ananindeua

Uma recente operação policial em Ananindeua, Pará, desencadeou uma série de desenvolvimentos cruciais na investigação de uma organização criminosa atuante...

Destaque2 meses ago

Após 6 meses de guerra, Hamas pede desculpas aos palestinos

Em um gesto surpreendente após seis meses de conflito, o grupo militante Hamas emitiu um pedido de desculpas aos palestinos...

Destaque2 meses ago

Encontro na Amazônia: Lula e Macron protagonizam momento peculiar

Uma série de fotos do presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva com o mandatário francês Emmanuel Macron na visita...

Notícias2 meses ago

Brasil tem quase dois casos por dia de exercício ilegal da medicina

O Brasil registrou quase dois casos por dia de exercício ilegal da medicina nos últimos 12 anos. Os dados foram...

Destaque2 meses ago

Ação sustentável no Hospital Regional em Marabá estimula o consumo consciente de papel

O Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, lançou na última quinta-feira, 21, o...

Destaque