Conecte-se conosco

Notícias

Secura vaginal tem motivos e cura. Fique atenta!

Publicado

Se você enfrenta desconforto vaginal, coceira, corrimento ou dor durante o sexo, esses sintomas podem ser indicativos de ressecamento vaginal. No entanto, fique tranquila que esses sintomas são comuns e tratáveis. Continue a leitura para mais informações detalhadas sobre o assunto.
Para quem não sabe, o ressecamento vaginal pode ter origens físicas ou psicológicas, sendo fortemente influenciado pelos níveis do hormônio estrogênio, que variam ao longo da vida. Além disso, medicamentos, incluindo contraceptivos orais, podem contribuir para o ressecamento. É essencial compreender essas causas para tratar adequadamente o problema.Conteúdos relacionados Síndrome da vagina morta existe? saiba mais sobre a polêmica Sinais da vagina para procurar ajuda médica urgente
Impacto nos Relacionamentos e Desejo Sexual:
A falta de lubrificação durante o sexo pode afetar a qualidade da vida sexual. Questões como falta de excitação, baixa libido e desconforto podem surgir. A compreensão do ciclo hormonal, com variações no desejo ao longo do mês, destaca a complexidade do desejo sexual feminino e a importância de estar atento a essas flutuações.
Tratamentos e Soluções:
Para combater o ressecamento vaginal, é crucial abordar as causas subjacentes. Alternativas de medicamentos, como ajustes na contracepção, e opções de tratamento hormonal, como lubrificantes, hidratantes e terapia sistêmica, podem ser consideradas. Além disso, a comunicação aberta com o parceiro sobre preferências sexuais desempenha um papel significativo na melhoria da experiência.Quer saber mais sobre as notícias de saúde? Acesse nosso canal no Whatsapp
Uso Adequado de Lubrificantes:
Estudos destacam a eficácia dos lubrificantes na promoção do prazer sexual e na satisfação. No entanto, é essencial escolher produtos à base de água ou silicone para garantir segurança, especialmente com o uso de preservativos. Evitar produtos à base de óleo é fundamental, pois podem causar danos e aumentar o risco de complicações, como vaginite bacteriana. Optar por lubrificantes orgânicos ou à base de água, sem aditivos, é uma opção mais segura e natural.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Deixe seu comentário

Facebook

Redes Socias

"

Últimas Notícias

Notícias1 semana ago

Dupla é Presa em Belém Após Roubo de Carro e Sequestro Relâmpago

Na noite da última terça-feira, 14, a polícia prendeu uma dupla de assaltantes no início da avenida Augusto Montenegro, próximo...

Cultura1 mês ago

Barcarena promove Escuta Cultural para implementação da Política Nacional Aldir Blanc

A Prefeitura de Barcarena, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, realizou na manhã desta quinta-feira (18) a...

Notícias1 mês ago

Confissão de Suspeito Impulsiona Investigação e Pode Desmantelar Grupo Criminoso em Ananindeua

Uma recente operação policial em Ananindeua, Pará, desencadeou uma série de desenvolvimentos cruciais na investigação de uma organização criminosa atuante...

Destaque2 meses ago

Após 6 meses de guerra, Hamas pede desculpas aos palestinos

Em um gesto surpreendente após seis meses de conflito, o grupo militante Hamas emitiu um pedido de desculpas aos palestinos...

Destaque2 meses ago

Encontro na Amazônia: Lula e Macron protagonizam momento peculiar

Uma série de fotos do presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva com o mandatário francês Emmanuel Macron na visita...

Notícias2 meses ago

Brasil tem quase dois casos por dia de exercício ilegal da medicina

O Brasil registrou quase dois casos por dia de exercício ilegal da medicina nos últimos 12 anos. Os dados foram...

Destaque2 meses ago

Ação sustentável no Hospital Regional em Marabá estimula o consumo consciente de papel

O Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, lançou na última quinta-feira, 21, o...

Destaque