Conecte-se conosco

Notícias

No Pará, servidores da segurança pública farão curso de libras

Publicado

Servidores da área de segurança pública irão participar do curso “Dialogando com as mãos”, uma parceria entre a Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) e a Polícia Militar. O objetivo da qualificação é oferecer a formação básica na linguagem brasileira de sinais para servidores da área, facilitando a comunicação em nível básico para o atendimento adequado da população surda. As turmas serão organizadas por polos e o primeiro irá atender os servidores que atuam em Ananindeua, Marituba, Benevides, Santa Bárbara, Barcarena, Santa Isabel e Tailândia, entre os dias 8 e 12 de maio. As matrículas estão sendo feitas diretamente com os Agentes de Desenvolvimento e Capacitação (ADCs) de cada órgão.

Poderão se inscrever servidores da Polícia Militar, Corp​​o de Bombeiros, Polícia Civil, Departamento de Trânsito do Estado do Pará, Tribunal de Justiça do Estado do Pará, Defensoria Pública do Estado do Pará, Ministério Público do Estado do Pará e Prefeituras Municipais.

“O curso é muito importante e vai capacitar os policiais para responderem de forma profissional a todas as demandas relacionadas ao público que interage por meio da linguagem brasileira de sinais. Com isso, a Polícia Militar irá proporcionar acessibilidade aos serviços oferecidos pela corporação”, afirma o coronel Tabaranã Silva, chefe do Departamento-Geral de Educação e Cultura.

Advertisement
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:

“O projeto encontra-se estruturado para atender todos os Comandos de Policiamento Regional e os Comandos da capital e metropolitano, com uma carga horária de 40 horas”, explica o coordenador do curso, Jaime Ramos.

A previsão é de qualificar mil servidores ao final da formação em todos os polos. “Este é um projeto grandioso e que agrega muitos benefícios para o Pará, sendo mais um instrumento para garantia de direitos da população surda”, destaca o diretor geral da EGPA, Wilson Ferreira.

Fonte: Polícia – OLiberal.com 

Deixe seu comentário
Advertisement
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:

Facebook

Redes Socias

"

Últimas Notícias

Notícias1 semana ago

Dupla é Presa em Belém Após Roubo de Carro e Sequestro Relâmpago

Na noite da última terça-feira, 14, a polícia prendeu uma dupla de assaltantes no início da avenida Augusto Montenegro, próximo...

Cultura1 mês ago

Barcarena promove Escuta Cultural para implementação da Política Nacional Aldir Blanc

A Prefeitura de Barcarena, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, realizou na manhã desta quinta-feira (18) a...

Notícias1 mês ago

Confissão de Suspeito Impulsiona Investigação e Pode Desmantelar Grupo Criminoso em Ananindeua

Uma recente operação policial em Ananindeua, Pará, desencadeou uma série de desenvolvimentos cruciais na investigação de uma organização criminosa atuante...

Destaque2 meses ago

Após 6 meses de guerra, Hamas pede desculpas aos palestinos

Em um gesto surpreendente após seis meses de conflito, o grupo militante Hamas emitiu um pedido de desculpas aos palestinos...

Destaque2 meses ago

Encontro na Amazônia: Lula e Macron protagonizam momento peculiar

Uma série de fotos do presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva com o mandatário francês Emmanuel Macron na visita...

Notícias2 meses ago

Brasil tem quase dois casos por dia de exercício ilegal da medicina

O Brasil registrou quase dois casos por dia de exercício ilegal da medicina nos últimos 12 anos. Os dados foram...

Destaque2 meses ago

Ação sustentável no Hospital Regional em Marabá estimula o consumo consciente de papel

O Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, lançou na última quinta-feira, 21, o...

Destaque