Conecte-se conosco

Notícias

Inverno amazônico não deve ser impactado pelo El Niño

Publicado

De acordo com a Organização Meteorológica Mundial (OMM), em decorrência das mudanças climáticas em conjunto à ocorrência do fenômeno natural El Niño, caracterizado pelo aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico na sua porção equatorial, 2024 deve ser ainda mais quente que o ano passado.
Inclusive, a onda de calor que atingiu partes do Brasil em 2023, teve influência do fenômeno El Niño. No entanto, o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet/PA), José Raimundo Abreu, explica que embora o fenômeno provoque a redução das chuvas na região Norte do país, como ocorreu em 2023, principalmente na capital paraense e na região metropolitana, que culminou também no aumento da temperatura em meados de agosto a outubro, o pior já passou.Conteúdo Relacionado:Primeira semana de 2024 vai ser de chuva no ParáTranstornos: chuva forte deixa trânsito lento em Belém“A tendência é que o fenômeno continue até os meses de março ou abril. Mas pelas minhas observações, o Oceano Atlântico começou a esfriar e as águas do Oceano Pacífico também. Tivemos redução de chuvas somente em dois meses, agosto e setembro. Desde outubro não tivemos grandes impactos em decorrência do El Niño. No mês de outubro, por exemplo, tivemos chuvas próximo à média prevista. Em novembro, a quantidade de chuva estava dentro da média e em dezembro do ano passado, ultrapassou”.
Portanto, o período do inverno amazônico, que geralmente ocorre de dezembro a maio na região, não deve ser impactado. “O pior já passou, não vai ter seca mais na região, pode haver uma pequena redução das chuvas, mas quem vai reger é o Oceano Atlântico e não vai causar impacto no Pará e Região Metropolitana de Belém, nem no nosso inverno amazônico. Ou seja, não teremos prejuízos ao agricultor e população em geral”, ressalta.Quer mais notícias sobre as fortes chuvas que atingem a região? Entre em nosso canal no Wpp
“Essa semana vamos ter chuva. Podemos ter alguns dias sem chuvas em janeiro, sim. Mas já chegamos a 40 milímetros, a previsão para este mês é de 330 milímetros de chuva”, diz.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Deixe seu comentário

Facebook

Redes Socias

"

Últimas Notícias

Notícias1 semana ago

Dupla é Presa em Belém Após Roubo de Carro e Sequestro Relâmpago

Na noite da última terça-feira, 14, a polícia prendeu uma dupla de assaltantes no início da avenida Augusto Montenegro, próximo...

Cultura1 mês ago

Barcarena promove Escuta Cultural para implementação da Política Nacional Aldir Blanc

A Prefeitura de Barcarena, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, realizou na manhã desta quinta-feira (18) a...

Notícias1 mês ago

Confissão de Suspeito Impulsiona Investigação e Pode Desmantelar Grupo Criminoso em Ananindeua

Uma recente operação policial em Ananindeua, Pará, desencadeou uma série de desenvolvimentos cruciais na investigação de uma organização criminosa atuante...

Destaque2 meses ago

Após 6 meses de guerra, Hamas pede desculpas aos palestinos

Em um gesto surpreendente após seis meses de conflito, o grupo militante Hamas emitiu um pedido de desculpas aos palestinos...

Destaque2 meses ago

Encontro na Amazônia: Lula e Macron protagonizam momento peculiar

Uma série de fotos do presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva com o mandatário francês Emmanuel Macron na visita...

Notícias2 meses ago

Brasil tem quase dois casos por dia de exercício ilegal da medicina

O Brasil registrou quase dois casos por dia de exercício ilegal da medicina nos últimos 12 anos. Os dados foram...

Destaque2 meses ago

Ação sustentável no Hospital Regional em Marabá estimula o consumo consciente de papel

O Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, lançou na última quinta-feira, 21, o...

Destaque