Conecte-se conosco

Notícias

Após 4 anos, homem acusado injustamente por furto é inocentado em Belém

Publicado

Um homem identificado apenas pelas iniciais J.S.M., acusado de furto, foi absolvido por um reconhecimento facial errôneo. O crime teria ocorrido em 2019, em frente a um centro universitário, em Belém. A decisão foi tomada no dia 12 deste mês, mas as informações foram divulgadas nesta terça-feira (25).

VEJA MAIS 

[[(standard.Article) Justiça absolve réu acusado de matar jovem e ferir outro em bloco de carnaval da Cidade Velha]]

Advertisement
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:

[[(standard.Article) Acusado de matar empresário com droga adulterada é absolvido em Belém]]

[[(standard.Article) Réu acusado de matar a facadas e atear fogo em homem é absolvido por falta de provas em Belém]]

A vítima do crime alegou ter identificado o homem pelo delito. Entretanto, o laudo da perícia grafotécnica (ciência que se dedica ao estudo da escrita) concluiu que a assinatura do documento de identificação apresentado durante a prisão não seria de J.S.M. O documento deixou evidente que a pessoa apresentada na delegacia e indiciada na fase investigatória pela prática do crime não seria o acusado. Além disso, ele comprovou que no dia em questão estava trabalhando.

Segundo o defensor público Roberio Pinheiro, o caso chegou ao conhecimento da Defensoria por meio do próprio assistido, que procurou atendimento jurídico integral e gratuito. “A nossa preocupação era obter uma resposta que confirmasse a inocência do assistido. A eventual absolvição por causa da insuficiência de provas, no caso, não seria a resposta adequada, diante da comprovação de que a pessoa errada estava sendo processada”, explicou.

Advertisement
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:

Uma condenação injusta pode expor um cidadão a inúmeros danos a sua segurança, dignidade e saúde física e mental, além da perda de direitos. “No caso desse assistido, ele poderia ser submetido à pena de reclusão e ficar com antecedente criminal maculado, além da suspensão dos direitos políticos”, concluiu.

De acordo com um levantamento realizado pelo Conselho Nacional de Defensores Públicos Gerais (Condege) e Defensoria Pública do Rio de Janeiro, de 2012 a 2020 foram realizadas pelo menos 90 prisões injustas baseadas no reconhecimento facial. As principais vítimas desta estatística têm características semelhantes: em sua maioria são jovens, pobres e negros, que formam 83% dos presos injustamente.

Investigação defensiva

A Defensoria Pública do Pará está em fase de elaboração do Núcleo de Investigação Defensiva, que deve ser implantado em breve. A iniciativa tem como objetivo garantir um suporte aos atendimentos criminais e a coibir possíveis condenações injustas. O coordenador de Políticas Criminais do Interior, defensor público Flávio Ferreira, falou sobre a necessidade de implantação da nova ferramenta de atendimento aos assistidos.

“O objetivo do núcleo é possibilitar o efetivo contraditório e a ampla defesa, equilibrado as armas entre a defesa e a acusação por meio da confecção de contralaudos a contraperícias, de forma que a defesa possa se insurgir, tecnicamente, contra os documentos periciais juntados, exclusivamente, pelo órgão de acusação que conta com o aparato da polícia judiciária”, destacou”, destacou.

Advertisement
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:

O defensor explicou que existem dois tipos de crime: transeuntes e não-transeuntes. Os transeuntes são crimes que não deixam vestígios. Já os não transeuntes são aqueles que deixam vestígios, nestes casos a materialidade, em regra, deve ser comprovada por meio de perícia oficial. Assim, o novo núcleo tem como intuito, também, subsidiar os defensores que atuam na defesa criminal no que diz respeito à materialidade dos fatos.

A Defensoria Pública do Rio de Janeiro foi a pioneira na instauração de um núcleo voltado à investigação defensiva. Em atuação desde setembro de 2022, o setor desenvolve um trabalho direcionado a isonomia processual. O defensor público Flávio Ferreira contou, ainda, que durante uma visita à sede da instituição pôde conhecer de perto as atividades.

“Nos surpreendemos com a eficiência do núcleo, pois muitos casos de condenação foram revertidos através de revisão criminal, porque o núcleo conseguiu comprovar que aquelas pessoas eram inocentes. Então, esse também é o nosso objetivo: revisar condenações injustas ou provar a inocência do nosso assistido no curso do processo”, concluiu.

Serviço

O Núcleo de Atendimento Criminal (Nudecrim) da Defensoria Pública do Pará fica localizado na  Rua Senador Manoel Barata, n° 50 – Bairro Campina. Para solicitar atendimento entre em contato pelo número (91) 99343-7695 ou pelo 129. 

Advertisement
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:

Sobre a Defensoria Pública do Pará

A Defensoria Pública é uma instituição constitucionalmente destinada a garantir assistência jurídica integral, gratuita, judicial e extrajudicial, aos legalmente necessitados, prestando-lhes a orientação e a defesa em todos os graus e instâncias, de modo coletivo ou individual, priorizando a conciliação e a promoção dos direitos humanos. 

Fonte: Polícia – OLiberal.com 

Deixe seu comentário

Facebook

Redes Socias

"

Últimas Notícias

Destaque3 dias ago

Plenária Histórica no PT de Belém: Apoio Maciço à Pré-Candidatura de Edmilson Rodrigues à Prefeitura

Na capital paraense  o Partido dos Trabalhadores de Belém protagonizou na última segunda-feira uma plenária de proporções históricas. Reunindo cerca...

Política1 semana ago

Senador Beto Faro (PT-PA) Assume Liderança da Bancada do PT no Senado

Nesta quarta-feira (21/2), o senador Beto Faro, natural de Bujaru (PA), foi eleito para assumir o comando da bancada do...

Destaque1 semana ago

Prefeitura de Belém instala Sala de Situação do Controle e Combate à Dengue

A Prefeitura de Belém criou a Sala de Situação do Controle e Combate à Dengue, que foi instalada nesta quarta-feira, 21,...

Notícias1 mês ago

Inscrições para concurso de Marituba terminam segunda (29)

A Prefeitura de Marituba encerra, nesta segunda-feira (29), as inscrições para o concurso público que tem como objetivo a contratação...

Notícias1 mês ago

Morre Valdir Acatauassú, secretário-adjunto de obras do Pará

Morreu na manhã deste domingo (28), o secretário-adjunto de Obras Públicas do Pará (Seop), Valdir Parry Acatauassú, aos 59 anos....

Notícias1 mês ago

Ex-BBBs apoiam e defendem Davi do BBB24 nas redes sociais

O clima da casa do Big Brother Brasil de 2024 não está muito amigável, principalmente para o lado do participante...

Notícias1 mês ago

Angoulême 2024: destaques e vencedores revelados

Angoulême, França – Encerrando sua 51ª edição, o Festival Internacional de Quadrinhos de Angoulême premiou talentos excepcionais durante a cerimônia...

Destaque